29 de abr de 2010

FUNCEB dialoga com classe artística em videoconferências

FUNCEB dialoga com classe artística em videoconferênciasA produção audiovisual é tema do próximo encontro, em 29 de abril Abrir espaço para o debate sobre a realidade da produção cultural da Bahia: este é o objetivo central da série Videoconferências FUNCEB 2010, uma realização da Fundação Cultural do Estado da Bahia – FUNCEB, unidade da Secretaria de Cultura do Estado – SecultBA. Nestas videoconferências, gratuitas e abertas a quaisquer interessados, é dada a oportunidade de os cidadãos colocarem em pauta as suas opiniões, dúvidas, sugestões e questionamentos, numa iniciativa que busca estreitar a relação do governo estadual com a sociedade, para o estabelecimento em conjunto de estratégias e aplicações da política cultural da Bahia. A série está promovendo, de março a junho deste ano, encontros entre o público e as diretorias da FUNCEB (Artes Visuais, Dança, Audiovisual, Música, Teatro e Espaços Culturais), além da apresentação de editais lançados, com orientações específicas para as inscrições. As sessões são feitas a partir do auditório do Instituto Anísio Teixeira – IAT, em parceria com a Secretaria de Educação – SEC, de onde os palestrantes dialogam com participantes presentes no local, em Salvador, ou em uma das salas de transmissão localizadas em 29 municípios do interior da Bahia. O público também pode assistir às videoconferências e enviar perguntas pela internet, através do endereço http://ead.sec.ba.gov.br/media. O projeto se alinha à política de descentralização e interiorização adotada pelo Governo do Estado e busca também ampliar a presença da FUNCEB e da SecultBA em todo o território baiano. A parceria com a SEC se dá através do programa Rede Educação, que democratiza ações educacionais com soluções tecnológicas que promovem a Educação à Distância. Participação das diretorias da FUNCEBCom objetivo de manter contato com a classe artística, para discussão de temas de importância às áreas representadas pela instituição, as diretorias de Artes Visuais, Audiovisual, Dança, Teatro e Música debatem com o público as políticas adotadas, planos, projetos, resultados e demandas. É a primeira vez que este tipo de encontro se realiza através de videoconferências, o que amplia sua abrangência e impacto. O momento também será de estreia para a diretoria de Espaços Culturais, com participação inédita na programação dos debates. Responsável pela administração de sete espaços culturais em Salvador e Região Metropolitana e mais 11 espaços no interior do Estado, a diretoria vai poder refletir junto ao público questões relacionadas a pautas, infraestrutura, apoios e programas oferecidos. A avaliação em conjunto com a classe artística contribui para o aperfeiçoamento de ações e para a movimentação de todos – Estado e sociedade civil – em busca de soluções reais para o desenvolvimento da produção artística baiana. Próxima dataDepois das videoconferências sobre Artes Visuais e Dança, o tema do terceiro encontro desta série é “Diálogo sobre Audiovisual”. A diretora da linguagem, Sofia Federico, irá debater questões relativas à área, no dia 29 de abril (quinta-feira), das 9h30 às 11h30. ParticipaçãoA participação nas Videoconferências é gratuita e aberta a quaisquer interessados. A confirmação de presença pode ser feita através do e-mail videoconferencias.funceb@gmail.com. Existem três formas de participar: 1) Presencialmente no local da palestra – o auditório do Instituto Anísio Teixeira – IAT, onde as palestras são realizadas, disponibiliza mediadores que garantem a intervenção da plateia. 2) Presencialmente em salas no interior do Estado – as videoconferências são transmitidas em tempo real em salas de 29 municípios baianos: Alagoinhas, Amargosa, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Brumado, Caetité, Feira de Santana, Guanambi, Ibotirama, Ilhéus, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Itapetinga, Jacobina, Jequié, Juazeiro, Macaúbas, Paulo Afonso, Piritiba, Ribeira do Pombal, Santo Amaro, Santo Antônio de Jesus, Seabra, Senhor do Bonfim, Serrinha, Teixeira de Freitas, Valença e Vitória da Conquista. Nestes locais, um técnico possibilita a intervenção dos presentes através de sistema on line. Pela internet – cidadãos de qualquer lugar podem acompanhar ao vivo os encontros e enviar perguntas, através do site http://ead.sec.ba.gov.br/media

Nenhum comentário: