20 de set de 2011

Fórum de Teatro Amador reúne artistas de diversos municípios baianos em Juazeiro

Juazeiro está sediando a VIII edição do Fórum Intermunicipal de Teatro Amador da Bahia – FITA ano 8. O evento, realizado pela Rede do Movimento de Teatro Amador da Bahia- RMTA, Ponto de Cultura Um Ponto na Rede e Associação Cultural Zimbabwe teve início no ultimo dia 16 e vai até o próximo sábado (24).


Com uma programação diversificada que reúne apresentações artísticas de teatro e dança, palestras e debates, oficinas, mostra de livro e exposição de fotos, o Fórum acontece no Centro de Cultura João Gilberto e no Teatro de Juremal. Mais de 400 artistas de 25 grupos de teatro vindos de diversos municípios baianos estão participando do evento.


De acordo com o Coordenador geral do FITA, Alex Silva, o evento tem como proposta promover um intercâmbio de experiências entre os participantes, criando assim um espaço de descobertas, trocas e diálogos. “O ponto mais propositivo do FITA é a criação de uma agenda pós realização do Fórum, que surge a partir do interesse de espectadores nos espetáculos apresentados e principalmente o fortalecimento entre os grupos que integram a rede”, explica o coordenador.

Para Elson Campos, produtor local do FITA, o evento é uma oportunidade impar, “os municípios que compõem o Território de Identidade Cultural Sertão do São Francisco são carentes de capacitações voltadas para o teatro”, avalia o produtor.

A programação do evento conta ainda com a realização do Prêmio Anual de Teatro Amador – PATA e do Circuito Intermunicipal de Dança Integrada – CIDA. Dos 25 grupos de teatro participantes do FITA, 21 estão concorrendo ao PATA que fará a premiação dos destaques na última noite do Fórum (24), a partir das 21h. A noite de encerramento contará com a apresentação do Coral da Juventude Arte do Recôncavo.


Oficinas – com temas variados como expressão corporal, dança afro, técnica vocal para o tetro, teatro de animação, Frevo, malabares, entre outros, as oficinas acontecem no Centro de Cultura, nos turnos manhã e tarde e são voltadas para foristas e comunidade. Vale ressaltar que as oficinas voltadas para comunidade acontecem em alguns bairros de Juazeiro.

Todos os espetáculos e palestras são abertos ao Público


Enfoque Comunicação

Nenhum comentário: